Opinião

Leia a poesia "Eu e o tempo" de Marizette Dotto

Por farrapo.rs
10/01/2019 13:39
 

Marizette Dotto Cientista Social – Especialista em Gestão da Cultura

Escrevo porque acredito que o impossível pode ser possível.

Tempo que não vi passar.
Distraída em aprender a viver, te roubei de mim!

Tempo que não vi passar.
Pensei que competia contigo.
Tu invencível! Eu insensível!

Quase cansada de querer te vencer,
percebi que era a mim que eu queria encontrar.
Encontrando-me, percebi que
tu continuarias tão rápido, quanto um pensamento.

Precisava sentir com calma o vento minuano soprar...
O azul do mar, o verde dos campos, flores pelo caminho a presentear minha alma teimosa, mimada, prepotente, querer tudo controlar!

Tempo que trouxe para perto de mim os amores da minha vida, os motivos para continuar, com gratidão, todo tempo que vim passar.

Em cada amanhecer perceber que é agora.
Sem precisar ver, só sentir que estou aqui...
Eu e o tempo que vim para viver.

Marizete Dotto


Por farrapo.rs

Farrapo